Como criar um balanço patrimonial: um guia passo a passo (2024)

A construção de um balanço é uma prática importante que deve ser realizada trimestralmente ou mensalmente. Esta demonstração financeira fornece informações sobre a saúde financeira da sua empresa, detalhando seus ativos, passivos e patrimônio líquido.

Não sabe como criar um balanço? A seguir, nos aprofundaremos no propósito de criar balanços (também conhecidos como demonstrativos de patrimônio líquido) e, em seguida, forneceremos um guia passo a passo de como fazer o seu próprio.

Rampas de acessoexemplo e modelo de PDF grátisdo balanço em nossa Biblioteca de Documentos Contábeis.

O que é um balanço?

Um balanço contábil é um instantâneo da situação financeira da sua empresa. Balanços ajudam complanejamento financeiroe dar às empresas visibilidade sobre os ativos, passivos e patrimônio líquido da empresa. É uma das três demonstrações financeiras fundamentais que todo proprietário de empresa precisa ter para realizar modelagem financeira e contabilidade – os outros dois documentos são uma demonstração de resultados e uma demonstração de fluxo de caixa.

Em sua essência, um balanço contábil é uma das formas mais precisas de analisar a posição financeira da empresa. Quando detalhado, um balanço pode mostrar:

  • O que a empresa possui
  • Qual o negóciodeve
  • Quanto foi investido na empresa

Como o nome sugere, os ativos da sua empresa devem ser sempre iguais ao valor combinado do seu passivo e patrimônio líquido. Algumas empresas usamcontabilidade de hedgepara reduzir o impacto da volatilidade nas demonstrações financeiras, porém, o balanço deve ser equilibrado. Se algum deles estiver desalinhado, seus cálculos ou notações estão incorretos. De acordo comUniversidade de Harvard: “Um balanço é uma demonstração financeira que comunica o chamado ‘valor contábil’ [ativos - passivos] de uma organização, calculado subtraindo todos os passivos e patrimônio líquido da empresa de seus ativos totais.”

Qual é a diferença entre um balanço e uma demonstração de resultados?

Uma demonstração de resultados, também chamada de demonstração de lucros e perdas (P&L), lista os fluxos de receitas (como vendas) e despesas (folha de pagamento, despesas operacionais, etc.) de uma empresa durante um determinado período de tempo.

Um balanço, por outro lado, cobre os ativos de uma empresa (caixa, contas a receber pendentes, títulos, estoques, etc.) e passivos (contas a pagar pendentes, pagamentos de dívidas, impostos, aluguel, etc.) em um determinado momento. ‍

Estas duas declarações fornecem informações complementares. Uma demonstração de resultados informa a lucratividade, as margens e as receitas de uma empresa durante um período de tempo, enquanto o balanço patrimonial de uma empresa fornece um instantâneo de sua saúde financeira geral e solvência em um determinado ponto.

O propósito de um balanço

Um balanço é um instantâneo da posição financeira da empresa em um momento específico. É uma medida crítica tanto interna quanto externamente, mas por razões diferentes:

Análise interna

Os balanços ajudam você a ver se uma empresa está tendo sucesso ou passando por dificuldades. Ao analisar sua posição de liquidez (ou seja, caixa e contas a receber), você verá se pode arcar com as despesas futuras ou lidar com um choque de mercado. Além disso, você pode analisar tendências históricas em seus ativos e passivos para garantir que seu negócio esteja funcionando corretamente ou para identificar rapidamente áreas problemáticas. Se os números não parecerem bons, isso pode provocar uma mudança interna na forma como você conduz os negócios.

Avaliação externa

Os balanços são uma ferramenta que ajuda investidores, credores, partes interessadas e reguladores externos a avaliar a posição financeira de uma empresa, quais os recursos disponíveis atualmente e como foram financiados. Para os investidores, isto pode ajudá-los a ver se seria ou não inteligente investir na empresa. Eles podem extrapolar esses números para determinar outrasmétricas de desempenho financeirocomo a relação dívida/capital próprio,multiplicador de patrimônio, rentabilidade e liquidez. Para auditores externos, um balanço pode ajudá-los a confirmar se a empresa está cumprindo as leis de prestação de contas.

O que há em um balanço?

Praticamente todo balanço se resume à seguinte equação:

Ativos = Passivos + Patrimônio Líquido

Além disso, esta equação está vinculada a uma data específica, conhecida como “data do relatório”. Embora dependa do seu negócio, na maioria dos casos, um balanço deve ser elaborado e depois distribuído pelo menos trimestralmente, senão mensalmente. As grandes empresas costumam criar balanços mensais, enquanto as pequenas empresas ou startups normalmente os criam trimestralmente.

Os balanços são compostos por três elementos principais:

1. Ativos

A seção de ativos de um balanço patrimonial revela quais itens de valor sua empresa possui. Estes activos são normalmente organizados por ordem de liquidez – por outras palavras, a facilidade com que podem ser convertidos em dinheiro. Isso normalmente se divide em duas categorias de ativos:

Ativos correntes

Ativos que provavelmente poderiam ser convertidos em dinheiro dentro de um ano. Eles têm várias subcategorias, incluindo:

  • Caixa e equivalentes de caixa– Seu maisativos líquidos—dinheiro, cheques e dinheiro mantido em sua conta bancária.
  • Contas a receber– Dinheiro que seus clientes devem e que será pago em um futuro próximo.
  • Títulos e valores mobiliários– Investimentos negociados que você pode vender facilmente.
  • Despesas pré-pagas– Objetos de valor que você já pagou, como seguro ou aluguel.
  • Inventário– Equipamentos, matérias-primas e produtos acabados.

Ativos de longo prazo

De acordo comInvestopédia, ativos de longo prazo (também chamadosativos não líquidos ou ilíquidose ativos não circulantes) são definidos como “o valor do ativo imobilizado de uma empresa que pode ser usado por mais de 1 ano, menos a depreciação”. Esses incluem:

  • Ativo permanente– Propriedades, edifícios, equipamentos e máquinas.
  • Ativos intangíveis– Ativos não físicos, como patentes, direitos autorais, licenças e contratos de franquia.
  • Títulos de longo prazo– Investimentos que não podem ser vendidos dentro de um ano, como títulos ou imóveis.

2. Passivos

A seção de passivo do balanço patrimonial demonstra quanto dinheiro você deve atualmente a terceiros, isso incluidespesas recorrentese diversas formas de dívida. Os passivos são divididos em duas subcategorias. Eles são passivos de longo prazo (também chamados de passivos não circulantes) ou passivos circulantes.

  • Passivo circulante– Serviços públicos, impostos, aluguel, contas a pagar e pagamentos de juros de dívidas de longo prazo, como empréstimos comerciais ou cartões de crédito.
  • Passivos de longo prazo– Títulos a pagar e dívidas de longo prazo.

Veja nosso guia emcomo calcular passivospara mais informações.

3. Patrimônio líquido

A seção de patrimônio líquido do balanço mostra o valor dos fundos que os acionistas investiram na empresa, bem comolucros acumulados. Para lucros retidos, a empresa deve pagar dividendos a partir do lucro líquido. Patrimônio Líquido = Ativo Total – Passivo Total.

Como fazer um balanço em 8 passos

Agora que você sabe o que está em um balanço, como fazer o seu próprio? Siga esses passos:

Etapa 1: escolha a data do balanço

Um balanço tem como objetivo mostrar todos os ativos, passivos e patrimônio líquido de sua empresa em um dia específico do ano ou dentro de um determinado período de tempo. A maioria das empresas prepara relatórios trimestralmente, normalmente no último dia de março, junho, setembro e dezembro. As empresas também podem optar por elaborar balanços mensalmente, caso em que reportariam no último dia de cada mês.

Etapa 2: liste todos os seus ativos

Depois de definir uma data, sua próxima tarefa é listar todos os seus itens de ativos atuais em itens de linha separados. Para tornar esta seção mais prática, é melhor separá-los por ordem de liquidez. Itens mais líquidos, como dinheiro e contas a receber, vão primeiro, enquanto ativos ilíquidos, como estoques, vão por último. Depois de listar um ativo circulante, você precisará incluir os não circulantes (longo prazo). Não se esqueça de incluir também ativos não monetários.

Etapa 3: some todos os seus ativos

Depois de detalhar suas diversas categorias de ativos, some todas elas. A contagem final irá então para a categoria de ativos totais. Para garantir que seus números estão corretos, compare esse valor com o razão geral da empresa.

Etapa 4: Determinar o passivo circulante

Liste os passivos circulantes que vencem dentro de um ano a partir da data do balanço. Isso inclui contas a pagar, notas a pagar de curto prazo e passivos acumulados.

Passo 5: Calcular passivos de longo prazo

Liste os passivos que não serão liquidados dentro do ano. Isso inclui notas de longo prazo, títulos a pagar, planos de pensão e hipotecas.

Passo 6: Some os passivos

Some o subtotal do passivo circulante com o subtotal do passivo de longo prazo para encontrar o passivo total.

Passo 7: Calcular o patrimônio líquido

Determine os lucros retidos e o capital de giro do seu negócio, bem como o patrimônio líquido total.Lucros acumuladossão os lucros do negócio que são reservados para reinvestimentos (não distribuídos como dividendos aos acionistas).Patrimônio líquidoé a combinação do capital social mais lucros retidos.

Etapa 8: Some o passivo e o patrimônio líquido

Se seus passivos + patrimônio líquido = ativos, você executou o equilíbrio corretamente. Caso contrário, talvez você precise voltar e revisar seu trabalho.

Rampa: maior visibilidade e ajudando você a fechar livros mais rapidamente

Ao incorporar suas três demonstrações financeiras principais (balanço, demonstração de resultados e demonstração de fluxo de caixa) em seu calendário, você terá maior visibilidade sobre o futuro financeiro de sua empresa, o que pode ajudá-lo a tomar melhores decisões comerciais e financeiras. No entanto, construir balanços trimestrais ou mensais pode ser um processo demorado, mesmo com software de contabilidade ou escrituração contábil.

É aí que entra a Rampa.

Rampa é a únicaCartão corporativoisso pode ajudá-lo a agilizar o processo de criação do balanço patrimonial e fechar os livros mais rapidamente no final do mês. Isso é conseguido graças ao gerenciamento automatizado de despesas e à plataforma de rastreamento de gastos em tempo real integrada ao cartão. Com o Ramp em sua equipe, é mais fácil criar um balanço e fechar seus livros com mais rapidez.

Como criar um balanço patrimonial: um guia passo a passo (2024)

References

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Virgilio Hermann JD

Last Updated:

Views: 6104

Rating: 4 / 5 (61 voted)

Reviews: 92% of readers found this page helpful

Author information

Name: Virgilio Hermann JD

Birthday: 1997-12-21

Address: 6946 Schoen Cove, Sipesshire, MO 55944

Phone: +3763365785260

Job: Accounting Engineer

Hobby: Web surfing, Rafting, Dowsing, Stand-up comedy, Ghost hunting, Swimming, Amateur radio

Introduction: My name is Virgilio Hermann JD, I am a fine, gifted, beautiful, encouraging, kind, talented, zealous person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.